Edgar Correia

Psicólogo & Psicoterapeuta

Edgar Correia CV

Edgar-Correia

Curriculum

  • Psicólogo especialista em Psicologia Clínica e Psicologia da Saúde, certificado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP).
  • Psicoterapeuta certificado pelo World Council for Psychotherapy (WCP), pela European Association for Psychotherapy (EAP), pela United Kingdom Council for Psychotherapy (UKCP), pela Society for Existential Analysis (SEA) e pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP)..

Habilitações académicas

  • Doutoramento em Counselling (PhD), pelo Departamento de Counselling da University of Stratchclyde, Glasgow, com a supervisão do Prof. Doutor Mick Cooper e da Prof.ª Doutora Lucia Berdondini
  • Advanced Diploma em Existential Psychotherapy, pelo Regent’s College School of Psychotherapy and Counselling Psychology, Londres.
  • Post-MA Diploma em Existential Counselling Psychology, pelo Regent’s College School of Psychotherapy and Counselling Psychology, Londres.
  • Mestrado em Psicologia Clínica, pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa.
  • Pós-Graduação em Psicologia da Saúde, pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa.
  • Licenciatura em Psicologia, na área de Psicologia Clínica, pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa.

Actividade profissional atual

  • Psicólogo clínico, psicoterapeuta, supervisor e formador da Edgar Correia – Psicologia-Psicoterapia, Unipessoal Lda;
  • Formador, supervisor e membro da Direção do Curso de Formação em Psicoterapia Existencial, da SPPE;
  • Vogal da Direção da Federação Portuguesa de Psicoterapia (FEPPSI).

Experiência profissional como psicólogo clínico e psicoterapeuta

  • Na área da reabilitação em saúde mental (na IPSS Grupo de Intervenção e Reabilitação Activa – GIRA);
  • Na área da toxicodependência (no CAT de Oeiras);
  • Na área da prostituição (no Gabinete de Apoio à Mulher – GAM, da Obra Social das Irmãs Oblatas);
  • Na área da saúde: hepatite C, doença inflamatória intestinal (Serviço de Gastrenterologia do Hospital Garcia de Orta, EPE) e VIH/SIDA (Liga Portuguesa Contra a SIDA e Serviço de Infeciologia do Hospital Garcia de Orta, EPE).
  • Na docência:
    – Instituto Piaget de Viseu, onde lecionei a disciplina Antropologia da Saúde e da Doença, do 5º Ano da Licenciatura em Psicologia
    – Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), onde lecionei o Seminário Atelier Grupo de Encontro, do Curso de Mestrado em Relação de Ajuda: Perspetivas da Psicoterapia Existencial e a disciplina Perspetivas Fenomenológicas da Empatia, da Pós-Graduação em Desenvolvimento de Competências Relacionais
    – SPPE, onde fiz parte da equipa que idealizou e implementou o Curso de Formação em Psicoterapia Existencial e onde implementei e coordenei o Curso de Focusing Oriented Psychotherapy, reconhecido pelo The Focusing Institute, Nova Iorque

Publicações, como primeiro autor, em revistas científicas com peer review

  • Correia, E. A., Cooper, M., Berdondini, L., & Correia, K. (2017). Characteristic practices of existential psychotherapy: A worldwide survey of practitioners’ perspectives. The Humanistic Psychologist. doi: 10.1037/hum0000061.
  • Correia, E. A. (2017). Can existential-phenomenological theory and epistemology ever be congruent with empirical research and systematizations? Existential Analysis, 28(1), 176-189. doi: 10.1080/03069885.2016.1254723
  • Correia, E. A., Sartóris, V., Fernandes, T., Cooper, M., Berdondini, L., Sousa, D., Pires, B., & Fonseca, J. (2016). The practices of existential psychotherapists: An exploratory study for the development and application of an observational grid. British Journal of Guidance and Counselling. doi: 10.1080/03069885.2016.1254723
  • Correia, E. A., Cooper, M., & Berdondini, L. (2016). Existential psychotherapy: An international survey of the key authors and texts influencing practice. In S. E. Schulenberg (Ed.), Clarifying and furthering existential psychotherapy (pp. 5-17). Switzerland: Springer.
  • Correia, E. A., Cooper, M., Berdondini, L., & Correia, K. (2016). Existential psychotherapies: Similarities and differences among the main branches. Journal of Humanistic Psychology. . doi: 10.1177/0022167816653223
  • Correia, E. A., Cooper, M., & Berdondini, L. (2016). Existential therapy institutions worldwide: An update of data and the extensive list. Existential Analysis, 27(1), 155-200.
  • Correia, E. A., Cooper, M., & Berdondini, L. (2016). Worldwide list of existential psychotherapy institutions. Dasein, 5, 83-131.
  • Correia, E. A., & Aguas, M. J. (2015). Adesão à terapêutica antiretroviral. In M. Maia & F. B. Ribeiro (Eds.), VIH/SIDA: Experiência da doença e cuidados de saúde (pp. 15-34). Famalicão: Edições Húmus.
  • Correia, E. A., Cooper, M., & Berdondini, L. (2015). Existential psychotherapy: An international survey of the key authors and texts influencing practice. Journal of Contemporary Psychotherapy, 45(1), 3-10. doi: 10.1007/s10879-014-9275-y
  • Correia, E. A. (2015). Existential psychotherapy & logotherapy societies, centres and training institutes. International Journal of Psychotherapy, 19(1), 105-111.
  • Correia, E. A., Cooper, M., & Berdondini, L. (2014b). The worldwide distribution and characteristics of existential counsellors and psychotherapists. Existential Analysis, 25(2), 321-337.
  • Correia, E. A., Correia, K., Cooper, M., & Berdondini, L. (2014a). Práticas da psicoterapia existencial em Portugal e no Brasil: Alguns dados comparativos. In A. M. L. Feijoo & M. B. Lessa (Eds.), Fenomenologia e práticas clínicas (pp. 47-72). Rio de Janeiro: Edições IFEN.
  • Correia, E. A., Correia, K., Cooper, M., & Berdondini, L. (2014b). Psicoterapia existencial latinoamericana en la actualidad. Revista Latinoamericana de Psicología Existencial, 9, 26-37.
  • Correia, E. (sd). “Existere” com VIH! É possível (com)viver com este vírus? Para uma compreensão da experiência de seropositividade. Análise Psicológica 28(4), 643-649.
  • Correia, E., Alvarenga, A., Galveia, C., & Capelo, M. (2009). Linhas orientadoras para o ensino da toma medicamentosa. Nursing, 245, 16-22.
  • Correia, E. (2008). Love is a hell of a job! Some considerations about love and its importance to psychotherapy. Existential Analysis, 19(2), 267-279.
  • Correia, E. (2006). Uma visão fenomenológica-existencial em psicologia da saúde?! Análise Psicológica, 24(3), 337-341.
  • Correia, E. (2006). “Oh if only there were heavenly paths by which to creep into another existence and into happiness”. Existential Analysis, 17(1), 123-136.
  • Correia, E. A. (2005). Alterity and psychotherapy. Existential Analysis, 16 (1), 61-72.

Publicações, como co-autor, em revistas científicas com peer review

  • Alegria, S., Carvalho, I., Sousa, D., Correia, E. A., Fonseca, J., Pires, B. S., & Fernandes, S. (2016). Process and outcome research in existential psychotherapy. Existential Analysis, 27(1), 78-92.
  • Craig, M., Vos, J., Cooper, M., & Correia, E. A. (2016). Existential psychotherapies. In D. J. Cain, K. Keenan & S. Rubin (Eds.), Humanistic psychotherapies: Handbook of research and practice (2 ed., pp. 283-317). Washington: American Psychological Association.
  • Vos, J., Cooper, M., Correia, E., & Craig, M. (2015). Existential therapies: A review of their scientific foundations and efficacy.Existential Analysis, 26, 49-69
  • Vos, J., Cooper, M., Correia, E., & Craig, M. (2015). Existential Therapies: A review of scientific studies and their underlying philosophiesInternational Journal of Psychotherapy, 19(1), 47-57.

Outras publicações na área da psicologia e psicoterapia

  • Correia, E. (2009). Because the balck, black, black, black, black, black swallow brings Sprintime, Hermeneutic Circular (December), pp. 19-20
  • Correia, E., Reis, R., & Serra, B. (2006). E agora? Con(Tacto), 14, pp. 18-19
  • Correia, E. A., Ribeiro, J. L. P., Neuparth, N., & Mata, P. L. (2001). Coping and quality of life in adults with asthma. Quality of Life Research, 10(3), 202.

Supervisão Profissional

  • De Janeiro a Dezembro de 2012, supervisão mensal de casos clínicos com a Dra. Astrid Schillings, Dra. Nicoletta Corsetti e com o Prof. Dr. Gregory Madison, num total de10 horas, no âmbito da formação em Focusing Oriented Therapy.
  • De Janeiro a Julho de 2009, supervisão mensal de casos clínicos com o Dr. Martin Adams e com o Prof. Dr. Greg Madison.
  • De Janeiro a Dezembro de 2008, supervisão mensal com o Prof. Dr. Ernesto Spinelli, com a Prof. Dra. Lucia Moja-Strasser, com o Prof. Dr. Simon du Plock e com o Dr. Mo Mandic.
  • De Janeiro a Dezembro de 2007, supervisão semanal de casos clínicos, num total de 64 horas, com o Prof. Dr. Greg Madison, com a Prof. Dra. Lucia Moja-Strasser e com o Dr. Mike Harding, no âmbito do Advanced Diploma em Existential Psychotherapy.
  • De Outubro de 2004 a Dezembro de 2006, supervisão bimestral de casos clínicos com o Prof. Dr. Ernesto Spinelli.
  • 2003-2004 – Supervisão semanal de casos clínicos com o Prof. Dr. Simon du Plock, num total de 64 horas, no âmbito do Post-MA Diploma em Existential Counselling Psychology.